sexta-feira, 21 de abril de 2017

Francês destaca belezas da Costa Branca potiguar no Folha de São Paulo; Veja FOTOS

As belezas do interior do Rio Grande do Norte foram destaque no jornal Folha de São Paulo nesta quinta-feira, 20. No editoria de Turismo, a região da Costa Branca foi destacada através do olhar do engenheiro e fotógrafo francês Patrick Muller, de 63 anos.

Há 30 anos, Patrick vive no Nordeste, se dividindo entre Natal e Fernando de Noronha, Pernambuco.

No fim de 2016 e início deste ano, decidiu sair da capital e desbravar o interior do Rio Grande do Norte, especialmente, a região Oeste potiguar. 

"Os turistas devem procurar além dos roteiros de praia óbvios e explorar outras regiões, como as dunas aoo norte do Estado e o sertão", disse ele ao jornal.

Entre dunas visitadas, ele destaca as de Galinhos, no litoral norte, e do Rosado, na cidade de Porto do Mague - estas últimas ficam próximas ao vilarejo de Ponta do Mel, onde o sertão encontra o mar. 

Muller também aos municípios de Cerro Corá, São Rafael e Passa e Fica. "Gosto muito da cultura do nordeste, é muito autêntica. Especialmente do sertão, onde há um grande misticismo", afirmou o fotógrafo.

Veja FOTOS: 


Farol de Galinhos, litoral norte do RN


Castelo de Zé dos Montes, no município de Sítio Novo
Praia da Redinha, em Natal





Golfinho ferido encalha e morre na areia da praia de Pernambuquinho, em Grossos


Moradores encontraram um golfinho encalhado na manhã desta quinta-feira, 20, na praia de Pernambuquinho, zona litorânea do município de Grossos, a cerca de 50 quilômetros de Mossoró. 

O animal estava machucado, fazendo acreditar que pode ter se enroscado em redes de pesca antes de encalhar na praia. 

Segundo moradores que viram o animal, ele parecia medir cerca de 1,30 metro.

O projeto Cetáceos, desenvolvido pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), fez a remoção do animal para a sede o laboratório, onde ele passará por necropsia e será dado o diagnóstico da morte.

Quadrilha rouba armas e coletes de empresa de segurança e atira em vigilante em Areia Branca

(Foto: Valéria Lima)
Uma empresa de segurança foi assaltada na madrugada desta sexta-feira (21) na cidade de Areia Branca, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

De acordo com a Polícia Militar, os homens levaram armas, coletes, mantiveram os vigilantes de reféns e atiraram contra um deles durante a fuga.

Segundo a PM, pelo menos quatro homens pularam o muro da empresa e renderam os funcionários que estavam de plantão. 

Os assaltantes fugiram levando dois revólveres e dois coletes. Ainda de acordo com a PM, os homens estavam armados e fugiram em uma caminhonete L200 prata.

Funcionários da empresa prestaram depoimento e imagens de câmeras de segurança de prédios vizinhos serão analisadas pela polícia para tentar identificar os responsáveis pelo assalto.

Fonte: G1

terça-feira, 18 de abril de 2017

Contrato fraudulento com prefeitura de Areia Branca servia para empregar apadrinhados políticos


A 3ª Vara do Trabalho de Mossoró (RN) considerou como fraudulento o contrato de prestação de serviço entre a empresa Marcont Assessoria Servicos Transporte e Construção Ltda. (EPP) e o Município de Areia Branca (RN).

De acordo com o juiz do trabalho Vladimir Paes de Castro, o contrato serviria apenas como um meio para empregar os indicados do grupo político no poder à época.

Teriam sido constatadas ilegalidades, como valores depositados em contas de terceiros e a existência de contratados que recebiam sem prestar serviços para o Município, na gestão da ex-prefeita Luana Bruno.

O juiz negou a liberação de qualquer valor para o pagamento de verbas trabalhistas aos "supostos
empregados", já que a fraude teria sido "perpetrada por todos os envolvidos (gestores do Município, empresa e prestadores de serviço)".

Ele determinou, ainda, que o caso fosse comunicado ao procurador geral de Justiça do Estado "para a ciência dos graves ilícitos cometidos por diversos agentes públicos/políticos".

Entre eles, o pai da prefeita à época do contrato, da própria prefeita, do assessor Victor Porfírio, diversos vereadores, além dos trabalhadores envolvidos na contratação ilícita.

A decisão foi em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-RN).

Inicialmente, o MP requereu o bloqueio dos valores destinados à empresa prestadora de serviço com o objetivo de garantir o pagamento de salários atrasados e verbas rescisórias devidas aos empregados.

As partes concordaram em depositar esses valores em juízo, que passaram a ser liberados para o pagamento de acordos judiciais efetivados em ações trabalhistas.

Com o desenrolar do processo, o juiz suspendeu as liberações desses valores, pois teria constatado, em diversas ações individuais, que os trabalhadores não prestaram serviços efetivamente em favor do Município, entre outras situações irregulares.

Ficou constatado, por exemplo, que um trabalhador não sabia o nome do órgão ou o endereço do local de trabalho.

Além disso, boa parte dos contratados pela empresa indicavam contas de terceiros para a percepção de seus salários. Havia pessoas que recebiam salários de vários "supostos empregados" em sua conta.

A fraude teria sido revelada pelo proprietário da empresa, Marcos Aurélio Marques Rodrigues, em depoimento prestado na Procuradoria Trabalho em Mossoró.

No depoimento, ele afirmou que a empresa "era basicamente um CNPJ para centralizar os pagamentos, não gerenciando escalas, férias ou algo do tipo". Revelou, ainda, que "a lista recebida dos gestores municipais já tinha o nome da pessoa, o salário e a função em que deveria ser admitida."

De acordo com o proprietário, quando da assinatura do contrato, "foi convocado para reunião com o Dr. Bruno Filho, pai da então prefeita Sra. Luana Bruno, e o Sr. Victor Porfirio, assessor da prefeita". Na ocasião, teria recebido uma lista "com aproximadamente 40 nomes que deveriam ser contratados".

Para o juiz, "o cenário de fraudes e ilicitudes" teve o conluio de autoridades municipais, da empresa e de todos os trabalhadores prestadores de serviços, não havendo outro caminho "senão a declaração da nulidade absoluta da pactuação" feita entre as partes.

Processo: 0001231-57.2016.5.21.0013

Fonte: TRT 21 ª Região 

domingo, 16 de abril de 2017

Foragido da Justiça suspeito de roubar moto em Tibau é preso em Mossoró

(Foto: Divulgação/PM)
Policiais militares do Ronda Cidadã prenderam neste sábado (15), Jeferson Cortez Pereira, 24 anos, suspeito de roubar a motocicleta de um mototaxista em Tibau e assaltar uma farmácia na cidade de Mossoró. Jeferson é de Limoeiro do Norte, Ceará, e tem no seu estado de origem dois mandados de prisão em aberto.

Após ser preso, o suspeito foi levado para a Delegacia de Plantão de Mossoró para procedimentos cabíveis.

Segundo informações, ele teria dado vários nomes falsos à polícia. Jeferson está residindo no bairro Paredões, em Mossoró.

Em Limoeiro do Norte, Jeferson foi condenado em dois processos por roubo, e  foi condenado a 4 anos e 6 meses em regime semiaberto.





sexta-feira, 14 de abril de 2017

Capitão Almeida deixa o Comando da Polícia Militar de Areia Branca

(Foto: Blog O Câmera)

O policial militar Capitão João Almeida deixa a 2ª Companhia do 12º Batalhão da Polícia Militar com sede em Areia Branca, região da Costa Branca potiguar, onde atuava há 10 meses. O militar foi designado para atuar no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Capitão Almeida agradeceu aos companheiros de trabalho e prefeitura municipal pela parceria ao longo desse período que atuou pela segurança do município de Areia Branca.

“Quero deixar minha gratidão à todos, especialmente aos policiais militares que desde minha chegada aceitaram o desafio de melhorar a segurança desta cidade, a qual passou a ser mais segura para o cidadão e aonde se respeita a dignidade das pessoas que sacrificam suas vidas em detrimento a dos outros”, disse o oficial ao Blog O Câmera.

O Comando da Polícia Militar do RN já designou um novo comandante para a Companhia de Areia Branca. Trata-se do 1º Tenente Thiago Abrantes de Aragão, oficial que chefiava a Companhia Independente de Polícia Ambiental em Mossoró.

Antes de atuar à frente da PM em Areia Branca, Capitão Almeida também chefiava a Polícia Ambiental de Mossoró. 



quinta-feira, 13 de abril de 2017

Cosern desligará energia em 9 ruas de Tibau para manutenção na rede elétrica

(Foto: Josemário Alves)
A Cosern comunica que, para realizar serviços de melhoria na rede elétrica, será necessário interromper temporariamente o fornecimento nesta quinta (13), em 09 ruas do bairro Centro (307 clientes), em Tibau
São elas:
Das 13h00min às 17h00min, nas Ruas: da Tainha, da Lagosta, do Voador, do Pargo, Estrela do Mar, Antônio Luiz, Ernesto Freire, João Marcelino, Francisco José Luiz e adjacências.
Caso os serviços sejam realizados antes do horário previsto, a rede será energizada sem aviso prévio.
Fique atento: a Cosern sempre avisa antecipadamente quando precisa realizar desligamento programado na rede elétrica.